sábado, 7 de novembro de 2009

MAR...


Mar...
o murmurar das tuas águas
soa como um canto de alegria;
o bailar das tuas ondas
forma um véu de branca espuma,
doce fantasia...

Mar...

impenetrável mundo
de mistérios e segredos
encanto e energia...

Ao banhar-me em tuas águas,
renasce a alma do poeta;
Mar...
és bênção e inspiração,
és a minha poesia...

Regina Azenha
(Preserve autoria)

Um comentário:

vitorio disse...

Parabens Regina Azenha aqui eu econtrei tudo que eu precisei muitas variedades e sempre falando do AMOR que e tudo que se tem de melhor valeu AMEI tudo com carinho Moisés.