terça-feira, 19 de maio de 2009

SONHO, QUE SONHEI SOZINHA ...


Em verdade
o que me dói
n´alma,
é a incerteza
de que sintas
amor por mim...

Teus carinhos,
teus beijos,
o teu jeito
de fazer amor...
dizem que sim.

Mas, a maneira
como conduzes
nosso caminho,
quando estás ausente
dizem que não...

que tudo não passa
de um sonho...
sonhado apenas
por mim.

Regina Azenha
(direitos reservados a autora)

Um comentário:

(Carlos Soares) disse...

Oi,Regina.Que bom.Finalmente dedicando-se ao blog,como eu já havia cobrado.E está mesmo muito bacana.Bem ilustrado e com belos poemas, o que não é novidade.Parabéns.bjss